Os trabalhadores pagam a conta do golpe!

Dia 31 de março de 1964 aconteceu o Golpe Militar no Brasil. Golpe que trouxe junto uma ditadura militar de 21 sofridos anos. Ditadura que ceifou a democracia, torturou, matou, destruiu sonhos e a esperança do povo brasileiro. Exatos 53 anos depois Michel Temer (PMDB), esse que conspirou e usurpou o poder, escolheu o dia 31 de março para sancionar o projeto de lei 4302/98 que libera a terceirização sem limites e amplia o tempo do trabalho temporário.

 

Estudo elaborado pela Central Única dos Trabalhadores (CUT) mostra que os 12 milhões de trabalhadores que já atuam no modelo terceirizado recebem em média 25% a menos, trabalham 7,5% a mais na jornada semanal, permanecem 2,6 anos a menos nos postos de trabalho e estão envolvidos em 80% dos acidentes de trabalho. Portanto, as consequências imediatas da terceirização da “área fim” nas empresas são a redução dos salários e o aumento da rotatividade e da carga horária semanal dos trabalhadores.  

Ao invés de melhorar as condições laborais dos que atuam no serviço terceirizado o Governo Temer e sua base de sustentação parlamentar estendem para toda a classe trabalhadora regras que, em muitos casos, não respeitam a dignidade do conjunto dos trabalhadores urbanos e rurais. Com o falso argumento de “modernizar” a legislação trabalhista o que eles querem com a terceirização generalizada é retirar direitos do trabalhador para ampliar os ganhos patronais.

Desde abril do ano passado está em curso no país um movimento político, patrocinado por esse governo ilegítimo, que fragiliza os direitos trabalhistas, sociais e previdenciários. Vejamos a Emenda Constitucional 95 que congelou os investimentos públicos na saúde e na educação por 20 anos; a tramitação da Reforma da Previdência (PEC 287), que vai inviabilizar a aposentadoria de milhões de brasileiros (as); e o PL 6787/16 da Reforma Trabalhista estabelecendo o “negociado sobre o legislado” que na prática significa a destruição da CLT. 

Sempre alertamos que não se tratava “apenas” de um golpe contra uma presidenta legitimamente eleita, mas sim, um grande pacto entre esse grupo político que está no poder e setores empresariais privados que querem ampliar seus lucros com o suor do povo trabalhador. Por isso, somamos forças e conclamamos todos os trabalhadores (as) brasileiros para a greve geral programada a partir do dia 28 de abril convocada pelas centrais sindicais e os movimentos sociais e populares. Seguimos na luta contra a retirada de direitos!

Pedro Uczai PT/SC

Deputado Federal

Membro da Mesa Diretora da Câmara dos Deputados

 

0
0
0
s2sdefault

Notícias

Ciclo de seminários discute os desafios da educação pública brasileira

23 Maio 2017
Ciclo de seminários discute os desafios da educação pública brasileira

             A Comissão de Educação da Câmara dos Deputados, por proposição do deputado federal Pedro Uczai (PT/SC), e a Comissão de Educação da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (ALESC), presidida pela deputada estadual Luciane Carminatti (PT/SC), em parceria com a Escola do Legislativo, realizam um ciclo...

Uczai defende distribuição do ISS mais justa para beneficiar municípios

16 Maio 2017
Uczai defende distribuição do ISS mais justa para beneficiar municípios

  O deputado federal Pedro Uczai (PT/SC) defendeu uma distribuição mais justa do ISS arrecadado nas operações de arrendamento mercantil (Leasing). Pelas regras atuais a tributação do ISS sobre o Leasing beneficia poucos municípios brasileiros e o sistema bancário. Por exemplo, na compra de máquinas e veículos novos mesmo que...

É possível uma Reforma Política progressista e democratizante

12 Abril 2017
É possível uma Reforma Política progressista e democratizante

Será inusitado se, em meio a uma das mais profundas crises da República, com gravíssimos retrocessos na sofrida democracia brasileira promovidos pelo que caracterizamos como verdadeiro golpe de Estado contra a soberania popular e o mandato legítimo da Presidenta Dilma, o Congresso Nacional vier a aprovar uma reforma política progressista...

Deputado Pedro Uczai entrega maquinários em União do Oeste

11 Abril 2017
Deputado Pedro Uczai entrega maquinários em União do Oeste

  O deputado federal Pedro Uczai fez a entrega, no sábado (08), de novos equipamentos agrícolas ao prefeito de União do Oeste, Celso Matiello. A patrulha mecanizada foi adquirida pelo município com recursos de uma emenda parlamentar no valor de R$ 124 mil. Com o valor foram comprados cinco distribuidores...

Os trabalhadores pagam a conta do golpe!

05 Abril 2017
Os trabalhadores pagam a conta do golpe!

Dia 31 de março de 1964 aconteceu o Golpe Militar no Brasil. Golpe que trouxe junto uma ditadura militar de 21 sofridos anos. Ditadura que ceifou a democracia, torturou, matou, destruiu sonhos e a esperança do povo brasileiro. Exatos 53 anos depois Michel Temer (PMDB), esse que conspirou e usurpou...

Cobrança do ISS nas operações de Leasing deve beneficiar todos municípios

29 Março 2017
Cobrança do ISS nas operações de Leasing deve beneficiar todos municípios

  Ao sancionar a Lei Complementar nº 157, de 2016, que modifica regras do Imposto Sobre Serviços (ISS), Michel Temer (PMDB) vetou trecho que estabelecia a cobrança do tributo no local onde fossem realizadas as transações de arrendamento mercantil (Leasing), bem como operações de cartão de crédito ou débito. Na...

Pedro Uczai denuncia perda de direitos trabalhistas com a terceirização

22 Março 2017
Pedro Uczai denuncia perda de direitos trabalhistas com a terceirização

  O deputado federal Pedro Uczai (PT/SC) criticou a tentativa da base do governo em aprovar o PL 4302/98 nesta terça-feira (21). A proposta tramita na Câmara desde 1998 e tem por finalidade liberar a terceirização sem limites nas empresas privadas. Para o parlamentar, esse projeto está na lógica governista...

Bancada Petista vai ao STF para suspender a Reforma da Previdência

15 Fevereiro 2017
Bancada Petista vai ao STF para suspender a Reforma da Previdência

  O deputado federal Pedro Uczai (PT/SC) subscreveu mandado de segurança interposto pela Bancada do Partido dos Trabalhadores no Supremo Tribunal Federal (STF) pedindo a suspensão da tramitação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC 287) que trata da Reforma da Previdência. Além de suspender, os parlamentares solicitam a anulação...

Mais sobre o Deputado Pedro Uczai

 Biografia Atuação   Pronunciamentos Projetos   Contato